Início arrow Notícias arrow Construção da Casa do Mel
10-Dec-2016
 
 
Portal da Transparência
Despesas
Receitas
Diárias
Folha de Pagamento
Contratos
Licitações
Recursos Humanos
Menu Principal
Início
Coordenadorias Municipais
Localização
Repartições Municipais
Notícias
Estrutura Administrativa
Autoridades Municipais
Publicações
Concursos
COMDICA
Decretos
Editais
Leis
Licitações e Contratos
Símbolos e Hinos
Portal da Transparência
Lei Acesso a Informação
Lei nº 12.527/11
Pedido de Informação
Orç Participativo
Ano 2015
Estrutura Funcional
Programação
Rodadas 2015
Serviços
Formulários
Índice ICMS
Tabela UPR
Tabela ITR - VTN
WebMail
Suporte TI
Ouvidoria
Auto Atendimento
Certidões
IPTU
ISSQN/Alvará
ISSQN Retido Importação
ISSQN Retido Lançamento
Licenciamento Municipal Ambiental
Nota Fiscal Eletrônica
Protocolo
Servidor Municipal
Serviços Online
Telefones Úteis

SAMU  192
Bombeiros  193
Bombeiros Voluntários (51) 9923.6003 / (51) 4063.9894
Corsan  3658-1800 
CEEE  0800-721 2333 
Rodoviária  3658-1419
Hospital Geral   3958-8422 
Conselho Tutelar  3958-8444
Brigada Militar  3658-1794
Prefeitura  3958-8400
Órgão de Trânsito
: 3658-3551

 
Construção da Casa do Mel PDF Imprimir E-mail

Ocorreu no dia 12 de março, a assembleia da ACAPI - Associação Charqueadense de Apicultores, onde contou com a presença da equipe da Secretaria Municipal de Agricultura e Economia Solidária e da vereadora Rosângela Dorneles.Aos associados presentes foi apresentado o local em que será construída a Casa do Mel e a planta baixa do prédio, quando tiveram a oportunidade de colocar suas preocupações com relação ao subprojeto Casa do Mel, do projeto Rede Viva Charqueadas.

A conquista de uma área definitiva para estabelecer a estrutura da Casa do Mel vinha sendo prioridade da Secretaria de Agricultura e Economia Solidária ao longo do último ano, e representa mais um avanço para a concretização do projeto Rede Viva Charqueadas e no crescimento da agricultura familiar no município. Foram ainda levantadas preocupações com relação à comercialização atual e ao fortalecimento da economia solidária no município através da formação de uma rede de economia solidária, autogestionada e sustentável. “Estamos lutando para mobilizar os grupos envolvidos no projeto Rede Viva Charqueadas, que estão bastante desestimulados pela demora dos processos”, declarou Virginia Germani, coordenadora técnica do projeto. Segundo ela, o próximo passo é reunir os envolvidos com o subprojeto Usina de Leite, a fim de comunicar avanços e definir as próximas atividades.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
 
Top!
Top!